Palmarina lança livro sobre Quilombos na Bienal em Maceió; evento foi bastante concorrido


Genisete Lucena e Claudionor Brito na noite de autógrafos




Capa do livro escrito por Genisete Lucena



Dedicatória de Genisete para Claudionor Brito:parentes




 

A jornalista palmarina, Genisete Lucena, fez o que Maria Mariá não teve chance entre todas as mulheres de União dos Palmares: lançar um livro e chamá-lo de seu. A festa desse seleto grupo literário ocorreu no Museu da Imagem e do Som em Maceió.

A autora desse inédito trabalho não levou em conta a ausência do Poder Público de União dos Palmares a exemplo do prefeito Kil de Freitas e dos 15 vereadores; dos radialistas, comerciantes e políticos sem mandato enfim.

Para escrever "A ocupação das Terras do Quilombo dos Palmares e a Criação das Vilas - numa introdução a história de União dos Palmares, Genisete teve que deixar para trás a casa-fazenda que viveu por mais de 30 anos, localizada na região dos Frios de Cima - no sitio Coruja. A autora precisava de calmaria, longe de ruído e figuras que remontam o passado.

Ela se embrenhou em Maceió e, num endereço para poucos, escreveu esse que será o primeiro libelo redigido por mãos palmarinas até que se diga ao contrário. Num filminho que o blog teve acesso, dá para notar rostos conhecidos da puberdade da escritora Genisete, a exemplo do médico-veterinário Edson (o Som).

Graças ao consultor político, Claudionor Brito, membro do Instituto Histórico, Artístico e Cultural Lajense da cidade de São José da Laje, que o blog recebeu um paiol de registros fotográficos da maior Bienal Internacional do livro já visto em Alagoas(a 9ª), onde Genisete Lucena foi a dona da noite.

O preço me pareceu salgado: R$ 80,00 o exemplar para 120 páginas. Genisete de Lucena Sarmento promete lançar seu best-seller em União dos Palmares em data ainda a ser avisada.



Comentários