Gol de Ivanzinho pode mudar a história da final em Palmeira dos Índios


Ivanzinho entre dois jogadores do CSE: apaziguador e liderança dentro de campo



 



 

O gol de Ivanzinho aos 27 minutos do primeiro tempo equilibrou o ritmo da partida no estádio municipal Orlando Gomes de Barros. A personalidade do atleta foi ideal naquele momento em que ele encaixou bem a cobrança e mandou para as cucuias a antiga imagem que tinha o torcedor do Pantera Verde em cima do próprio atleta que bateu mal contra o CSE na primeira rodada da competição, em União dos Palmares.

Em Palmeira dos Índios o Zumbi vai pegar um CSE acuado, jogando pelo resultado e, por sua vez um Zumbi, mordendo, querendo o título que vai lhe dá a vaga para a primeira divisão em 2020.

No Juca Sampaio, campo do adversário, o gramado é outro, dimensões também e, isso, vai possibilitar um Zumbi leve, voando e tudo que o técnico Edson Ferreira quer, pois ele dirigindo o Murici nunca perdeu nos domínios do CSE. Ferreira tem estrela e chegou a hora.



Comentários