União dos Palmares perde a titularidade da Delegacia de Narcóticos para combate ao tráfico de drogas


Delegacia Regional de União dos Palmares onde funcionava a DRN



A primeira e única delegacia de Narcóticos para a Zona da Mata, com sede em União dos Palmares perdeu a sua titularidade para Maceió. Ela foi descredenciada desde o início do ano e os dois agentes da PC que atuavam na DRN foram efetivados na Regional de Polícia.

Essa medida administrativa tomada pela cúpula da PC em Alagoas deixa União dos Palmares na contra-mão do combate ao tráfico de drogas. Os bandidos agradecem.

A Delegacia de Narcóticos tem como diferencial a atuação específica no combate a organizações criminosas de tráfico de drogas, com uma equipe especializada de inteligência, o que garante um trabalho mais sistemático das ações.

Com a perda da titularidade da Delegacia não haverá mais combate ao tráfico em União dos Palmares, isso desde o início do ano. As operações para combater o tráfico deixaram de existir na cidade, já que o Delegado da Narcótico é de Maceió e faz muito tempo que ele não bota o pé em União dos Palmares.

Uma fonte da PC disse ao blog que a última ação contra o tráfico veio de Maceió, comandada pelo delegado de área Paulo Cerqueira e o coronel Do Valle. Enquanto isso, União dos Palmares segue sem a Delegacia de combate ao tráfico de drogas no tocante a sua titularidade, virando subalterna da narcóticos de Maceió.

É necessário um combate incessante ao tráfico de drogas em União dos Palmares, pois os outros crimes são conexos com o tráfico: homicídios, roubos, furtos, tudo que alimenta o tráfico e é decorrente dele, além do sério problema de saúde pública. 

"Mas, certo é, que as investigações sairam das mãos de quem vive o problema de perto, no caso o delegado regional de Polícia Civil em União dos Palmares, Válter Nascimento Rocha, comentou um especialista em segurança ouvido pelo blog sobre o assunto.

Quanto a medida, União dos Palmares ficou no prejuízo quanto as investigações; não que deixará de haver, mas sendo assim, a médida não é benéfica para a cidade", finalizou.

 



Comentários