Em União dos Palmares estátuas do lendário Zumbi dos Palmares chama a atenção para seu legado


Dandara e Zumbi: imagens que revelam nossa origem de luta e liberdade




Dandara



Lucílio(de laranja) pede cuidado aos ajudantes com a imagem gigante de Zumbi dos Palmares



Centro administrativo Antônio Gomes de Barros: visual mais atraente


O proprietário do maior restaurante temático de Alagoas, Lucílio Vasconcelos, homenageou União dos Palmares, doando duas belas imagens quilombolas nos jardins do centro administrativo Antônio Gomes de Barros - a prefeitura municipal.

A idéia do ex-dono do restaurante Aquarius, e atual restaurante A Porteira, localizado no sítio da Palha, Zona Rural do município, era introduzir as figuras de Zumbi dos Palmares e Dandara num local de grande movimentação, com o objetivo de promover o legado desse herói negro.

Lucílio foi quem bancou sozinho a confecção das estátuas, investiu no traslado e com ajuda de outras pessoas, colocou Zumbi e Dandara lado a lado no jardim da prefeitura municipal, transformando o ambiente no mais novo cartão postal da cidade.

O prefeito Areski de Freitas não prestigiou o esforço do empresário na hora em que ele estava posicionando as imagens gigantes, mas dias antes foi informado dessa doação ao município que por sua vez não colocou nenhum obstáculo.

Essa é a terceira imagem de Zumbi no centro da cidade já que existem outras duas na praça Cristina Vergeti - praça da Alimentação -  e na rua Orlando Bugarim, mas a mais recente, está localizada nos jardins da prefeitura municipal, o que obrigatoriamente servirá para os turistas como a mais nova parada obrigatória para registros fotógrafos da cidade.

- Enquanto União dos Palmares não absorver a importância do legado de Zumbi dos Palmares como fonte de riqueza não somente cultural mas econômica, União dos Palmares não vai sair do lugar -, profetizou o empresário dono do mais procurado restaurante especializado em comida regional, cujo ambiente ele destinou boa parte para um museu sobre a evolução de liberdade de uma raça, com peças que restratam a tortura do negro hoje extintas num marcante passeio de época de luta pela liberdade.



Comentários