Radialista diz que palmarino tem hábito de reclamar e em nada colaborar


Radialista diz que Saae promove investimentos pesados no abastecimento de água à população




Energia elétrica caríssima e outros insumos foram itens defendidos pelo radialista da Folha


Em União dos Palmares a população tem por hábito em nada colaborar e em tudo reclamar. Ninguém reclama do aumento no valor da cerveja, do cigarro, da gasolina, do perfume, do arroz, do feijão, do café, do ingresso para o show. Tudo isso é normal.

Ninguém se preocupa em utilizar a água de forma racional, fechando a torneira na hora de escovar os dentes ou tomar banho ou enquanto está batendo um papo com a vizinha e a torneira está aberta.

Na hora de lavar o carro ou a moto na calçada e lavar a calçada, vai conversando com os vizinhos e a mangueira ligada e água escorrendo. Ninguém vê nada errado.

MAS....não hora em que o SAAE precisa fazer um reajuste no valor da tarifa para recompor gastos com produtos químicos, com energia, outros insumos.....e esse reajuste vai aumentar na conta de cada um mais ou menos R$ 1,50.....nossa !!!!! absurdo, impossível.....estamos em crise....aparece logo um repórter defensor dos pobres e oprimidos, mostrando ruas com esgoto aberto para criticar esse reajuste. Em União dos Palmares é sempre assim. Reclamamos de tudo e não colaboramos em nada. (Nicanor Filho).

Nicanor Filho é radialista, editor chefe da Folha Serrana e comentarista esportivo



Comentários