SMTT nega que vai ter novas concessões no transporte público






O secretário municipal de Transporte e Trânsito(SMTT), Jandilson Vasconcelos rechaçou a necessidade de aumentar o número de concessões no transporte público municipal. Disse que dispõe de estudos que comprovam, olha só: comprovam que do jeito que tá, tá bom demais.

Evitou na nota falar do sucateamento de sua pasta, dos agentes que atuam a pé e dos mototáxistas que carregam o quanto der de clientes numa manobra.

Há registros fotográficos que vão do condutor até mãe com filhos no colo, gaiola pendurada na outra mão, tudo na mesma moto. Quanto ao Sintáxi a prestação de serviços é limitada e corporativista.

Há semanas que não tem uma vaga sequer num desses carros para se chegar a Maceió. Alguns carros sem ar condicionado e com mais de 10 anos de uso e, tem até motorista, que não usa a farda por que ela tá lavando. Confira a versão da SMTT que assiste a tudo isso de braços cruzados logo abaixo.

 

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de União dos Palmares esclarece que a informação veiculada sobre a possibilidade deste município ter um aumento de 50 praças de Sintáxi e 100 de mototáxi não procede, é inviável que isso ocorra no momento. 

O município já possui um quantitativo suficiente de linhas de transporte que atendem com eficiência nossa população. Qualquer eventual mudança teria que atender a um estudo técnico, o qual já ocorreu no início desta gestão, através do Plano de Mobilidade Municipal e deixou caracterizado a referida desnecessidade de aumento, visto a demanda de passageiros verificada. 

Gostaríamos de reforçar, ainda, o compromisso que esta gestão tem com todos os permissionários, com suas associações, de linhas de transporte que prestam serviço no município, e deixá-los tranquilos quanto a esta especulação. 

Estamos à disposição para que seja checada qualquer informação pertinente ao que se refere ao Trânsito e Transporte no âmbito municipal.

Jandilson Vasconcelos - SMTT

Comentários 2

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.
  1. Lucas escreveu em 05/12/2018 15:19:28:

    Os passageiros não andam amontoados nas motos por falta de mototaxistas, eles fazem isso pra economizar. Aumentar o número de "praças" não vai resolver o problema, até porque essas praças vão parar nas mãos de políticos e apadrinhados.

  2. Flávio Luís escreveu em 04/12/2018 23:28:22:

    União precisa de gestão que pense a cidade grande. É um absurdo a maior cidade da zona da mata (maior e mais importante) não ter um transporte público de qualidade. Se não querem por na cidade uma empresa de ônibus, que façam com que os que receberam as concessões trabalhem na cidade de maneira circular. Quem quer sair do Newton Pereira precisa esperar encher o veículo ou na melhor das hipóteses, a boa vontade no motorista...

Poste o seu comentário