Juiz eleitoral aperta cerco a mesários faltosos; dessa vez serão multados em R$ 350,00 mais sanções


Juiz eleitoral Yulli Roter Maia: vai monitorar os mesários faltosos neste 2º turno



O Chefe de Cartório da 21ª Zona Eleitoral, José Carlos Ramalho Azevedo, deu vida a uma nota oficial subscrita pelo juiz eleitoral, Yulli Roter Maia, com o objetivo de apertar o cerco contra os mesários faltosos no primeiro turno das eleições, ocorrido em 7 de outubro.

 -  O Juiz eleitoral da 21ª zona, Yulli Roter Maia, vem a público para advertir que todos os mesários que atuaram no primeiro turno das eleições estão também convocados para trabalharem no segundo e, caso não compareçam pagarão multa no valor de até R$ 350,00  além de sofrer  diversas sanções previstas em lei, diz a nota.

 O magistrado também chama a atenção para supostos problemas na urna eletrônica. Ele pede que seja notificado imediatamente ao Cartório Eleitoral para as medidas cabíveis.

Nesse ítem, duas urnas no primeiro turno tiveram que ser substituídas e em Santana do Mundaú, faltou luz antes da eleição ter início, levando um atraso de mais de 1h, mas logo restabelecido a eleição transcorreu normalmente sob o comando do juiz eleitoral, Luciano e do promotor Eleitoral, Darlos Davi.

Já em União dos Palmares a eleição será presidida pelo magistradoYulli Roter Maia e as promotoras Eleitoral, Adilza Inácio e Gheise.

Comentários 0

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Poste o seu comentário