TRE recomenda Do Vale trocar a farda de gala da Polícia Militar por uma camisa social esporte fino para a urna eletrônica


Candidato usava farda de gala da Polícia Militar



Do Vale, versão cidadão











Ser identificado numa eleição usando uma cor é sempre bom, melhor ainda quando o candidato aparece na urna usando essa mesma uma cor, seja uma camisa específica enfim. Esse detalhe passou a ser uma regra comum nas eleições.

Nos últimos anos, isso vem acontecendo com frequência. Em União dos Palmares nas eleições municipais de 2016, os dois candidatos em potencial para conquistar a cadeira número um da prefeitura municipal usaram cores distintas.

Kil de Freitas foi do verde pesado ao leve ou suave, mas sempre vestiu verde juntamente com seus apoiadores, uma exigência que parte sempre da coordenação política do candidato que incorpora a cor com extrema facilidade.

Por outro lado, o ex-prefeito Eduardo Pedrosa utilizou laranja, uma homenagem ao irmão e ex-prefeito Zé Pedrosa que quando então prefeito de União dos Palmares adotou o laranja até na cor nos prédios públicos para homenagear o seu padrinho político e empresário, João Lyra.

Mas o que poucos sabem, é que utilizar fardamento militar, seja do Exército brasileiro ou Polícia Militar, é proibido pelo regulamento das eleições não importando qual o cargo que o postulante venha disputar.

Velho conhecido do povo de União dos Palmares por sua atuação enérgica a frente do 2º Batalhão da Polícia Militar, o Coronel Do Vale, passou metade da terceira semana das eleições de 2018, usando no seu material de propaganda política o uniforme de gala da PM.

Admoestado a trocar, Do Vale, estreante na política partidáaria para teve que fazer nova fotografia, inclusive para mudar também a da urna eletrônica.

Do Vale trocou a farda de gala da briosa polícia militar por uma camisa social(até bonita) já que ele foi terminantemente proibido de continuar usando a farda de sua corporação nos santinhos, cartazes, banners e até na urna eletrônica.

Ressabiado, Do Vale, a francesa, fez a troca imediata de suas vestimentas e agora poderá ser visto na urna eletrônica no dia 7 de outubro com uma camisa esporte fino, menos fardado como vinha sendo visto nas ruas panfletando ou cabalando voto. 

O candidato Valter Do Vale Junior(o Do Vale) já fez a troca de fotografia na urna, pendurando a farda da briosa polícia militar e colocando uma camisa social de seu agrado.

Comentários 0

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Poste o seu comentário