Prefeito de Santana do Mundaú é certificado por fechar lixão que já funcionou na beira do rio


Artur exibe diploma depois de ter colocado um fim no lixão a céu aberto em Santana do Mundaú







O fechamento dos lixões a céu aberto tornou Alagoas o 1º estado do Norte/Nordeste e o 3º do Brasil a atingir a marca de todos os municípios fazendo a correta destinação dos resíduos sólidos. Em virtude desse grande marco, o Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL), promoveu, nesta segunda-feira (11), uma solenidade em reconhecimento aos prefeitos 'Amigos do Meio Ambiente'. 

Agradecendo o apoio do órgão, na pessoa do procurador-geral de justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, o prefeito Arthur Freitas destacou o esforço dos gestores para solucionar esse problema histórico que envolvia o crime ambiental de manutenção dos lixões.

 “De acordo com a Lei Nacional de Resíduos Sólidos, os municípios de todo o Brasil são obrigados a acabar com os lixões a céu aberto. E, para dar cumprimento a ela, fizemos todo um esforço financeiro e tomamos todas as medidas necessárias, para destinação do lixo produzido no município, para a Central de Resíduos Sólidos em Pilar.

Com essa iniciativa, estamos protegendo os impactos ambientais e a saúde da nossa população – deixando de poluir, contaminar e degradar a natureza local”, pontuou.

Com Assessoria

Comentários 0

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Poste o seu comentário