Tudo pronto para o São João Cultural da Laje; na noite de Santo Antônio a quadrilha Princesa das Fronteiras abre o evento


Quadrilha junina do SCFV de São José da Laje



Carly Valença - secretária municipal de Assistência Social



Junho é o mês dos três santos mais comemorados no Nordeste: Santo Antônio, São João e São Pedro. Os festejos juninos se modernizaram muito nos últimos anos e, como diz o cantor Jorge de Altinho do litoral ao sertão, têm trios de forró, quadrilhas, xaxado, baião e comidas típicas.O forró é muito democrático. O ritmo tradicional, chamado pé de serra, dá o tom nos arraiás, mas ele vem mudando e aceitando misturas bem diferentes.

Em São José da Laje, a secretária municipal de Assistência Social, Carly, terá a responsabilidade de fazer a abertura do São João Cultural idealizado pelo prefeito Rodrigo Valença com a quadrilha Princesa ds Fronteiras na Festa da Roça.

Em São José da Laje, Carly Valença, reuniu 53 jovens assistidos pelo Serviço de Convivência, Fortalecimento e Vínculo(SCFV) sendo 6 casais e formou a maior quadrilha junina já vista na Zona da Mata para abrilhantar o Santo Antônio Lajense na abertura do evento local que vem sendo aguardado com grande expectativa pela comunidade local que já tem para onde ir no período junino.

"Nos reunimos esses jovens com o intuito de promover o São João Cultural de São José da Laje e eles mostrarem seus talentos numa quadrilha diferente, moderna, mas com a tradição que a data recomenda", disse Carly Valença.

O programa Serviço de Convivência de Fortalecimento de Vínculo(SCFV)O SCFV é um Serviço da Proteção Social Básica do SUAS que é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI), que em São José da Laje ele assiste a várias famílias, jovens, e pessoas que necessitam basicamente desses programas definidos por um grupo de assistentes Sociais ligados a secretaria.  O serviço de convivência e fortalecimento de vínculos é, segundo a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, um serviço realizado com grupos, organizado de modo a prevenir as situações de risco social, ampliar trocas culturais e de vivências, desenvolver o sentimento de pertençamento e de identidade, fortalecer vínculos e incentivar a socialização e a convivência comunitária.

Ele possui caráter preventivo, pautado na defesa dos direitos e desenvolvimento das capacidades e potencialidades de cada indivíduo, prevenindo situações de vulnerabilidade social.", informou Carly Valença. Mas o assunto agora é Festa Junina eu apenas quis dá essa explicação para que as pessoas saibam um pouco dos programaas que desenvolvemos graças as conquistas do prefeito Rodrigo Valença que nos deu a oportunidade de levarmos alegria para muita gente, principalmente os que forem prestigiar a nossa festa, onde terão uma grande exibição, e digo mais: já recebemos convites de várias cidades da Zona da Mata nessas festas juninas", finalizou.

 

 

Comentários 0

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Poste o seu comentário