Prefeitura dá início a coleta do lixo urbano para evitar acúmulo nas ruas de União dos Palmares


Rua Juvenal Mendonça







O prefeito Areski Freitas vem mantendo sucessivas reuniões com o secretário municipal de Infraestrutura, Junior Menezes, objetivando não permitir que a coleta do lixo doméstico estrangule e, a população palmarina não fique imaginando que a deficiência na coleta tem sido de sua administração nessa época de greve dos caminhoneiros que atinge o Brasil.

Na Zona ds Mata nenhuma cidade possui combustível suficiente para fazer a limpeza nas ruas. O problema é estrutural. Quando não falta gasolina para abastecer ambulância, é a vez do Óleo Diesel para socorrer as caçambas e diante dessa realidade o risco é iminente da população se revoltar contra o gestor municipal.

No meio da tarde desta terça-feira,28, Kil de Freitas soltou uma nota nas redes sociais detalhando o que vai deixar de funcionar na máquina administrativa a partir desta quarta-feira,30, último dia do mês de maio.

"Com a falta de combustível as aulas na rede estão suspensas, atendimento médico idem e até os profissionais outros que residem fora de União dos Palmares estão liberados para não trabalharem por não ter Diesel para fazer o traslado desse pessoal para nossa cidade', disse Kil de Freitas.

Na manhã desta quarta-feira,30, todo o pronlongamento da avenida Juvenal Mendonça estava sem a coleta do lixo doméstico ser coletado. Pelo telefone, Junior Menezes, da Seinfra, assegurou que um caçambão locado as pressas fará a coleta do lixo, pois os caminhoneiros permitiram a passagem desse tipo de transporte para a cidade do Pilar, local onde é permitido o acúmulo, de acordo com determinação do Ministério Público Estadual.

 

 

Comentários 0

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Poste o seu comentário