Movimento União Quer Lula Livre defende ex-presidente longe da prisão


Trabalhadores rurais ocuparam meia-pista da Br-104 em direção a União dos Palmares



Manifestante pintou o rosto com o número do PT: Lula livre







Manifestantes cruzaram o centro comercial de União dos Palmares



Mário Bispo do PT



Kennedy de Santana do Mundaú











Francelino Amaro, presidente municipal do PT de União dos Palmares



Cerca de 300 trabalhadores dos mais diversos movimentos sociais de União dos Palmares - MLST, MST, Via do Trabalho e Associação dos Sem Teto, participaram de uma caminhada que saiu do ex-marco zero da indústria do setor sucroalcooleiro do município que é a ex-Usina Laginha com destino a praça Padre Cícero, no centro de União dos Palmares, através da Br-104. Policiais militares e uma viatura com dos agentes da PRF fizeram a escolta dos trabalhadores e nenhum incidente foi registrado.

Estava prevista três paradas, programadas pelos organizadoeres do movimento "União Quer Lula Livre" a partir da sede da Justiça Federal - 7ª Vara, Sede da prefeitura municipal e na praça Padre Cícero que acabou concentrando o movimento em defesa da liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Trabalhadores do assentamento Santana do Mundaú, da cidade do mesmo nome, defendeu a liberdade do ex-presidente, e reiterou a vontade do trabalhador em querer votar no presidente. "A gente vota no Lula solto, preso enfim, queremos Lula solto. Jovens, estudantes, estão me ouvindo", chamou a atenção, o trabalhador rural, Kennedy.

Já na praça Padre Cícero fizeram uso da palavra, o professor Sávio que lembrou a Via Crúcis para exemplificar a trajetória do ex-presidente. Além de Sávio o presidente municipal do PT, Francelino Amaro, a vereador, Maria de Tutu; Mário Bispo e lideranças dos movimentos sociais que vieram dá apoio a maior manifestação de trabalhadores em defesa do ex-presidente Lula, já vista em União dos Palmares.

Comentários 2

O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.
  1. Luladrao escreveu em 07/04/2018 09:50:08:

    Acabou a molesa, agora esses desocupados vão ter que trabalhar, vão deixar de invadir propriedade dos outros e deixar de ganhar 30 reais para bloquear as Rodovias. #LulanaCadeia
    #acabouPt

    A casa caiu companheiro

  2. Observador escreveu em 07/04/2018 04:09:56:

    Bando de desocupados, fascistas, bandidos, "massas de manobras"! O que a população tem haver com a prisão do famigerado Lula? Por acaso foi o povo que mandou ele roubar? Infligiu a LEI tem que se submeter aos castigos dela mesmo! Ao meu ver, toda manifestação é e será sadia quando se respeita o direito de ir e vir das outras pessoas, não dá forma como esses "baderneiros" fazem. Fechar rodovias, infelizmente, com o consentimento das autoridades, se tornou coisa normal em nosso país, fecham por um motivo qualquer e a população que arque com os prejuízos. Há anos se faz isso, e nada, deputado algum, apresenta uma PL para que esses vagabundos sejam penalizados. QUE PAÍS É ESSE?!

Poste o seu comentário