Author

Quem faz o blog? Ivan Nunes jornalista desde 2000.
Fale com o Blog A Palavra: (82) 9 9177 2828

Esporte

Estádio de Murici é o que mais preocupa, diz federação sobre laudos


José Gomes da Costa - Foto Ailton Cruz - reportagem de Isaac Simões - Gazetaweb.com


Com o início do Campeonato Alagoano 2018 se aproximando, os clubes continuam trabalhando para conseguir os laudos necessários à liberação dos estádios a serem utilizados ao longo da competição. Em entrevista à Gazetaweb nesta quinta-feira (11), o diretor de competições da FAF, Luciano Sampaio, disse que o Estádio José Gomes da Costa, em Murici, é o que se encontra em situação mais delicada. Hoje, nenhuma das oito praças esportivas está apta a receber um jogo oficial, restando apenas 10 dias para o início do certame.

- A maior preocupação com o José Gomes da Costa é a respeito do laudo estrutural. Apesar dele estar válido, o vencimento está próximo, o que acaba por atrasar as demais vistorias. Por isso, precisamos aguardar uma resposta do Murici para vermos se o clube vai antecipar a renovação do laudo estrutural.

Além da casa do Murici, os estádios Juca Sampaio e Manoel Moreira, em Palmeira dos Índios e Capela, respectivamente, também preocupam a federação.

- A situação do Manoel Moreira é que Capela não recebe jogos há muito tempo, razão pela qual precisará partir do zero no quesito laudos. Entretanto, as informações que tenho recebido da cidade é que todos deverão estar prontos em breve. Já com relação à Palmeira, sempre há uma preocupação com a segurança no estádio.

 



Estádio Olival Elias, em Boca da Mata, deve ser o primeiro a estar apto

FOTO: EVERTON LUIZ / ARQUIVO PESSOAL

Por outro lado, o Estádio Olival Elias, em Boca da Mata, deve ser a primeira praça esportiva a estar apta para a rodada de estreia do Alagoano. Já o Rei Pelé, em Maceió, e o Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, "também estão com os laudos encaminhados".

Publicado em 12/01/2018
0 comentários
O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Entre na conversa!

Deixe seu comentário abaixo !

Confirme o código abaixo: