Author

Quem faz o blog? Ivan Nunes jornalista desde 2000.
Fale com o Blog A Palavra: (82) 9 9177 2828

Cidades

Produtores rurais de 5 assentamentos recebem títulos das terras


Jairinho presidiu solenidade de entrega de titularização de posse



Prefeito Jairinho e o Ministro Marx Beltrão na entrega do título da terra



Prefeito Jairinho falou aos contemplados com o titulo da terra



Ministro Beltrão recebe cumprimento do prefeito Jairinho Maia


<strong>“Um feito histórico para Branquinha”,</strong> foi assim que o prefeito Jairinho Maia definiu o dia de hoje. Mais de sessenta famílias assentadas receberam os títulos que dão direito de serem donos das terras.  Aproximadamente 20 anos os produtores rurais buscavam ter esse direito. Nesta segunda-feira 04 de dezembro, o Ministro do turismo Max Beltrão, o diretor de Desenvolvimento Nacional do Incra Ewerton Gionvanni, o diretor de Gestão Administrativa do Incra Juliano Pasqual e o superintendente em Alagoas do Incra César Lira entregaram em mãos as certidões de posse.

Cerca de duzentas e cinquenta famílias foram analisadas para recebimento desse direito. Os lotes passaram por vistorias dos agentes do INCRA para constatar se atendia os requesitos necessários no encaixe das famílias no programa, como foi o caso do seu Cícero Leandro que recebeu o título após longos anos de espera.

“Estou me sentindo realmente muito feliz, esperava há mais de 21 anos por esse momento. Dou graças primeiramente a Deus e segundo ao nosso prefeito que lutou junto com a gente pra que esse dia acontecesse”. Seu Leandro planta laranja, banana, cria peixes e vende nos mercados da região. Sendo agora proprietário ele disse que pretende investir na terra já que também é possível receber crédito.

Além dos títulos de posse, o Governo Federal vai possibilitar uma linha de crédito rural para os novos proprietários no valor que varia em R$ 150mil à R$ 300 mil reais.  Esse é o maior investimento para o setor rural do município, como destacou o prefeito Jairinho. “Estamos muito felizes com a oportunidade de contribuir para o crescimento do produtor rural. É um marco para Branquinha que se tornou o primeiro município alagoano a reconhecer a posse da terra para assentados.

Giovanni falou da importância dos títulos e da luta do povo para conseguir um pedaço de terra. “É uma grande satisfação esta aqui em Branquinha inaugurando a titularização definitiva desses assentados que é a entrega de fato daquela jornada que começou debaixo de lona lutando por um pedaço de chão e que hoje se torna realidade se tornando proprietário de terra, pois receberam das mãos do INCRA os primeiros títulos de propriedades do Estado de Alagoas, ou seja, é um momento histórico e que não vai parar por ai”, concluiu.

O ministro Max Beltrão, patrono da reforma agrária em Alagoas, disse que a agricultura familiar é um incentivo e um sonho dos produtores rurais que tanto lutaram para serem reconhecidos como donos das terras que produzem. “Há mais de 15 anos não só em Alagoas, mas em todo Brasil, famílias que produzem algum tipo de produto no campo sonham com esse momento, e Branquinha se torna um marco histórico”.

 

Para o Jairinho o momento é um dos mais propícios para o desenvolvimento rural do município. “Além de tantas conquistas, hoje recebemos a confirmação direta do ministro Max da fábrica de poupa de frutas. Isso é um marco para o nosso município, vamos gerar mais emprego e renda valorizando os jovens de nossa cidade”.

 

“Reforma agrária não se faz como se faziam antes, mas sim como estamos fazendo, o Incra de 2014 até o inicio do ano tinha feito no Estado de Alagoas, um pouco mais de R$ 600 mil reais em crédito e agora com a nossa equipe aqui vamos fazer mais de 1 milhão e oitocentos mil em créditos e o melhor, entregando definitivamente os títulos aos assentados” disse César Lira, superintendente do Incra em Alagoas.

Outras Conquistas

 

Como reivindicação, o prefeito Jairinho solicitou ao ministro Max Beltrão melhorias para o município. Foram conseguidos além da fábrica de poupas de frutas, uma ambulância, um consultório odontológico, um trator com equipamentos agrícolas e cinco poços artesianos, um para cada assentamento.

Reportagem e fotografia de Gustavo Corado - Ascom

 

Publicado em 04/12/2017
0 comentários
O comentário não representa a opinião do blog. A responsabilidade é do autor da mensagem.
Entre na conversa!

Deixe seu comentário abaixo !

Confirme o código abaixo: